Vacinas e doenças parte 3

set 19, 2014 por

Vacinas e doenças parte 3

Vacinas

No artigo anterior, falamos das doenças que podem ser evitadas com a vacina Tetravalente. Agora vamos abordar as doenças que podemos evitar com as vacinas Poliomielite, VORH e Pneumocócica. Essas vacinas são capazes de combater as doenças: Poliomielite, Rotavirus e Pneumococo. Vamos abordar resumidamente cada uma delas a seguir.

Poliomielite

É uma doença infecciosa viral aguda, conhecida também como paralisia infantil. Manifesta-se de várias formas: Infecções não aparentes, formas paralíticas e quadro febril não específico. Somente a forma paralítica tem características típicas, tais como, súbita deficiência motora juntamente com febre e diminuição ou ausência de reflexos nas áreas afetadas. Havendo paralisia nos músculos respiratórios pode implicar em risco de vida para o paciente.

Como ocorre a transmissão?

A transmissão se dá principalmente por contato direto pessoa a pessoa, por via oral-oral e pela via fecal-oral.

Como Prevenir?

Somente com a vacina podemos prevenir a Poliomielite.

Como Tratar?

Todos que apresentarem os sintomas clínicos típicos devem ser internados para tratamento de suporte, pois não há tratamento específico.

Rotavirus

É um vírus que causa diarreia aguda grave e destrói as células do intestino de crianças e adultos. Crianças a partir de 3 meses apresentam febre, vômitos e diarréia. Geralmente recém-nascidos não apresentam sintomas.

Como ocorre a transmissão?

A transmissão ocorre por via fecal-oral.

Como prevenir?

Com tratamento de água e esgoto, destino adequado ao lixo, higiene pessoal e higienizando bem os alimentos. Estas são medidas, que juntamente com a vacina, previnem o Rotavirus.

Como tratar?

Com hidratação constante, alimentação adequada e para os bebês manter o leite materno.

vacina

 

Pneumococo

É uma bactéria que causa várias doenças, entre elas, a Otite Média, Pneumonia Bacteriana, Meningite, Bacteremia Febril, Sinusite e Bronquite.

Como ocorre a transmissão?

A transmissão se dá através de espirro, saliva, tosse e contato íntimo. As pessoas podem ser portadoras do pneumococo sem apresentar sintomas, mas, ainda sim, podem transmitir o Pneumococo. Crianças pequenas são portadores freqüentes.

Como prevenir?

A melhor forma de prevenir o Pneumococo é com a vacina.

Até o próximo artigo!

Se você gostou deste artigo, deixe seu comentário aqui embaixo e cadastre seu e-mail na barra lateral da página principal do blog e receba nossas dicas.

Posts relacionados

Compartilhe Isto

Deixe um comentário