Amamentação: dez dicas para amamentar

jul 9, 2014 por

Amamentação: dez dicas para amamentar

Para simples amamentar. Só deixar a criança deitada sobre seus braços e deixá-la sugar seu seus seios. Seria simples assim se não estivéssemos falando de um recém-nascido. Ele precisa de uma atenção especial para que consiga realizar toda a tarefa. Amamentar é a melhor forma de oferecer ao seu filho os nutrientes que ele precisa nos primeiros seis meses de vida. O número de vezes que o recém-nascido irá mamar não dá para ser medido. O bebê avisará, e saberá bem quando é esse momento, sobre a necessitar de se alimentar. Nessa fase ele ainda age por intuição. Então não se preocupe que ele não vai sentir necessidade de ficar tomando o leite apenas por gula. Seis meses de leite materno é o ideal para que o bebê receba os nutrientes que ele precisa. É apenas um alimento, mas capaz de ter tudo que o pequeno organismo necessita. Somente após seis meses, com orientação de seu pediatra, é que poderá introduzir papas de legumes e frutas na alimentação dele e depois eliminar por completo a amamentação, que deve acontecer lá pelos dois anos de vida.

amamentação

FONTE: http://www.correiodeuberlandia.com.br/wp-uploads/2011/11/amamenta%C3%A7%C3%A3o.jpg

 

Confira as dicas que separamos para que a amamentação nos primeiros dias seja tranquila e um momento de prazer e encontro entre você e o seu filho.

  1. Almofadas e travesseiros ajudam a apoiar costas e braços. É uma boa usar várias delas durante a amamentação. Apoie os pés em um banquinho e ache uma posição bem confortável para o ato. Cada dia faça a amamentação sentada em locais diferentes da casa. Não precisa ficar apenas em uma poltrona sempre. Até achar o melhor local.
  2. Com os dedos em “C” procure dar suporte com os dedos abaixo da mama. Próximo ao mamilo, procure não  apertar o mamilo, esse ato atrapalha que o leite siga o fluxo normal dele. Se, por um acaso, sua mama estiver mais pesada em determinados dias, uma fralda enrolada por baixo do seio ajudará a elevá-lo e dará o suporte necessário para a amamentação.
  3. Preste atenção no nariz do bebê. Ele precisa estar sempre na altura do seu mamilo.
  4. Aperte a aréola fazendo uma “pinça” com sua mão e procure encostar o mamilo na boca do recém-nascido. Só pare quando ele abrir a boca o suficiente. Depois pode aproximar o bebê para próximo de você e deixar a aréola solta, dentro da boca do bebê. A cabeça do bebê precisa estar constantemente apoiada com as suas mãos.
  5. Assim que o bebê começar a sugar procure verificar se os lábios estão para fora, em formato de boca de peixinho, ou amassados para dentro. O seu dedo pode ajudar a levemente forçar o queixo para baixo, de forma a aumentar a abertura. O lábio superior precisa estar próximo ao nariz dele.
amamentação

FONTE: http://vivamelhoronline.files.wordpress.com/2013/08/amamen1.jpg

  1. O bebê precisa ficar sempre junto ao peito, com o nariz e o queixo tocando a sua mama.Não se preocupe com a respiração porque o narizinho dele continuará funcionando mesmo afundado na mama.
  2. Normalmente, no período de 24 horas, o bebê dá até 10 mamadas. Sendo assim, já nos primeiros dias, procure fazer com ele crie uma rotina de mamar a cada três horas. Eduque-o, desde o princípio a ter um espaço de cinco horas no período da noite.
  3. Para aumentar o fluxo do leite procure sempre comprimir o seio pela base durante a amamentação.
  4. Para a saúde dos seus seios, ao terminar a mamada, tire um pouco do seu próprio leite e espalhe por toda a aréola. Deixe secar naturalmente.

Seios muito cheios ou duros não devem ser oferecidos ao bebê, de forma nenhuma. Procure fazer massagens antes por todas as extremidades do seio. Então ordenhe oleite até a sua aréola ficar bem mais flexível. Depois disso o seus seios está pronto para ser oferecido em mais uma mamada.

amamentação

FONTE: http://kjnutricional.files.wordpress.com/2011/05/amamentacao-saude1.jpg

Se você gostou deste artigo, deixe seu comentário aqui embaixo e cadastre seu e-mail na barra lateral da página principal do blog e receba nossas dicas.

 

Posts relacionados

Compartilhe Isto

2 Comentários

  1. Amei as dicas! Vou colocar em prática todas as orientações que você postou. Achei muito úteis. Com certeza vai ajudar muitas mamães que estão com dificuldades nesse processo. Muito obrigada pelo post. Um grande abraço!

    Att. Raquel
    http://mamaesaradafunciona.com/

  2. Amamentar é realmente um ato de amor. Não existe nada melhor do que ver seu filho crescendo feliz e saudável. Por mais doloroso e cansativo que seja o processo de amamentação, é o momento mais íntimo e mais próximo entre a mãe e seu filho ou filha. Parabéns pelo post.

Deixe uma resposta para Raquel Cancelar resposta